Inadimplência escolar: 5 estratégias essenciais para reduzi-la

Publicado em 09/set/2019 por Christiane Braz Heigasi Scabbia - Sem Comentários

inadimplência escolar

 

Na atual conjuntura econômica, os empreendedores estão em busca de alternativas que promovam a rentabilidade dos negócios. Assim sendo, a gestão precisa focar em medidas mais concretas e em estratégias corretas para diminuir a inadimplência escolar em universidades.

Um dos aspectos mais relevantes para o alcance dessa meta é utilizar indicadores para descobrir quais são as lacunas que merecem maior atenção. Nessa perspectiva, listamos 5 medidas para diminuir a inadimplência, equilibrar as finanças e promover a sustentabilidade do seu negócio. Vamos lá?

Veja como reduzir a inadimplência escolar

Confira cada uma das sugestões abaixo e saiba como aplicá-las para recuperar as mensalidades vencidas e evitar a evasão dos alunos inadimplentes.

1. Mantenha a boa comunicação

Quando a universidade não conhece bem o perfil dos alunos, o risco de inadimplência costuma ser bem maior. Para evitar esse problema, o ideal é cadastrar cada aluno novo e solicitar que ele forneça dados e informações relevantes sobre local e tempo de trabalho, por exemplo.

Priorizar ações que melhorem a qualidade do relacionamento e manter uma boa comunicação é imprescindível ao sucesso de qualquer instituição. Diante da importância desse fator, a gestão precisa definir estratégias para aproximar os alunos.

Tendo isso em vista, facilitar a comunicação com eles é um meio favorável à negociação das mensalidades em atraso. Caso haja necessidade de enviar lembretes ou segunda via de boletos, essa tarefa será vista com maior naturalidade.

2. Ofereça diversos meios de recebimento

Mediante a versatilidade das formas de pagamento, a gestão escolar precisa se adequar às inovações tecnológicas para tornar a instituição mais moderna. Com isso, estimular os alunos para quitar as mensalidades em atraso.

Atualmente, as empresas precisam aceitar diversos tipos de pagamentos, principalmente aqueles que são utilizados digitalmente. Por isso, divulgue no site da instituição as formas de pagamento aceitas e faça os universitários saberem que há várias alternativas para manter a mensalidade em dia.

3. Renegocie a dívida

A instituição precisa pensar em estratégias e fazer um planejamento financeiro que permita negociar os créditos em atraso. Para tanto, tente oferecer diferentes opções e planos que favoreçam a quitação da dívida. Uma das melhores opções é aceitar cartão de crédito, com assinatura de confissão de dívida, ou trabalhar com o parcelamento em cheque.

Se a sua escola tem infraestrutura para oferecer esse processo online, ainda desfruta de benefícios como a redução de custos administrativos e diminuição da resistência do aluno, no que se refere ao cumprimento das normas do contrato assinado por ele ao iniciar o curso.

4. Crie programas de incentivo à atualização das mensalidades

Umas das estratégias utilizadas pelas universidades de todo o país é compensar financeiramente os alunos assíduos. Muitas instituições têm uma política de desconto que estipula valores diferenciados para quem antecipar o pagamento da mensalidade, ou mesmo para quem paga no dia do vencimento.

Imagine se a sua escola oferecesse 10% de desconto aos alunos que antecipassem a mensalidade em até 5 dias. Além de favorecer a entrada de divisas, essa ação permitiria uma análise preditiva para saber a média de atraso que você teria naquele mês. Isso ajudaria a direcionar o plano financeiro e a definir prioridades na hora de fazer os investimentos.

Ainda que pareça uma medida simples, trabalhar dessa forma pode ser um importante diferencial. Para o setor financeiro e de cobrança, essa é uma alternativa interessante para diminuir a inadimplência, captar novos alunos e fidelizar os que já fazem parte da instituição.

5. Invista na análise preditiva

A área educacional tem peculiaridades que precisam ser consideradas ao estabelecer quais estratégias trariam melhores resultados para evitar o atraso no pagamento das mensalidades.

Por isso, a análise preditiva torna-se uma excelente opção e promete excelentes resultados para o departamento financeiro das unidades de ensino. Logo, investir nas tecnologias ajuda a orientar o planejamento estratégico, direcionar decisões e, por conseguinte, reduzir a inadimplência escolar.

Ainda está preocupado com a inadimplência escolar? Entre em contato com a VoxAge e conheça nossas soluções!

transformação digital
PA digital multicanal
case de atendimento ao cliente
dicas para cobrança
autoatendimento
dimensionamento call center


Deixe seu comentário