5 dicas para realizar o monitoramento de produtividade da equipe

Publicado em 08/jun/2018 por Christiane Braz Heigasi Scabbia - Sem Comentários

monitoramento de produtividade da equipe

O trabalho de coordenação ou gestão nem sempre é fácil. Não se trata apenas de ter o conhecimento certo para o cargo, mas também de ter as atitudes assertivas para um monitoramento de produtividade da equipe.

O fato é que algumas estratégias importantes devem ser levadas em conta na hora de supervisionar as equipes de trabalho. Afinal, um gerenciamento eficaz pode fazer toda a diferença no aumento ou na queda produtiva dos colaboradores.

Por isso, neste artigo, apresentaremos cinco dicas para você realizar corretamente o monitoramento de equipes. Acompanhe e boa leitura!

1. Defina o que precisa ser feito com metas claras

Para as equipes de trabalho, é importante que o gestor defina claramente o que precisa ser feito, a expectativa em relação à qualidade e em qual prazo.

A verdade é que a execução de várias tarefas aleatoriamente não oferece à sua equipe uma compreensão suficiente dos resultados esperados, para que possam fazer o tipo certo de progresso.

Por isso, é importante criar um planejamento e apresentá-lo logo no início — além de periodicamente verificar com os líderes para se certificar de que as metas estão sendo cumpridas ou estão no caminho certo para serem alcançadas.

2. Use ferramentas que permitam compartilhar atividades, documentos e arquivos

Existem no mercado ferramentas que possibilitam acompanhar o progresso de um projeto a qualquer momento. Afinal, melhor do que realizar um monitoramento individual, é contar com a participação de todos os profissionais envolvidos.

Uma visibilidade para todos significa que o gestor não precisa se sobrecarregar no monitoramento e na revisão. Esse tipo de estratégia ajuda a identificar problemas mais cedo e facilita a compreensão de todos em torno das soluções necessárias.

3. Realize reuniões regulares

É importante fazer reuniões com apresentação de relatórios de evolução e resultados. Nesses encontros, é necessário discutir as principais iniciativas, como está sendo a produtividade da equipe, entre outros.

É interessante deixar que cada pessoa compartilhe atualizações sobre o que considera importante. Promover reuniões regulares garante que você saiba como melhor apoiar o sucesso dos projetos e planejar melhorias para os próximos.

4. Trabalhe com feedbacks

A comunicação é um dos segredos para o sucesso de qualquer planejamento, tanto em termos pessoais quanto profissionais. Por isso, para que o monitoramento seja transparente e eficaz, desenvolva a cultura do feedback entre todos da empresa.

O feedback não só permite que você fique ciente do que está acontecendo, como também ajuda a remover os obstáculos que aparecem ao longo do caminho do projeto.

Todavia, tenha cuidado para não perguntar constantemente “Como está o desenvolvimento das atividades?” Embora seja importante permanecer envolvido, é igualmente essencial que você forneça aos membros da equipe o tempo e o espaço necessários para realização dos trabalhos.

5. Meça os resultados do monitoramento

O que não pode ser medido também não pode ser melhorado. Sendo assim, não basta acompanhar a produtividade da equipe sem nenhum fundamento. É importante que você analise o quanto esta ação é benéfica.

Afinal, os resultados desse monitoramento podem auxiliar você a traçar estratégias de acordo com a realidade do seu trabalho e, eventualmente, fazer a correção de rumos.

Em suma, o monitoramento de produtividade da equipe pode ser uma ótima prática para impulsionar os lucros da sua empresa. Porém, é importante seguir as dicas apresentadas para não correr o risco de transformar o monitoramento em perseguição ou pressão aos colaboradores, resultando em um efeito completamente contrário.

Gostou deste post? Então assine a nossa newsletter e não perca outros conteúdos interessantes!

PA digital multicanal
case de atendimento ao cliente
dicas para cobrança
autoatendimento
dimensionamento call center


Deixe seu comentário