4 formas de usar a técnica de rapport no atendimento via telefone

Publicado em 13/abr/2018 por Christiane Braz Heigasi Scabbia - Sem Comentários

técnica de rapport

A técnica de rapport é uma parte importante do processo de comunicação com o cliente, ajudando a gerar confiança e harmonia durante uma conversa. A falta desses predicados pode afetar fundamentalmente o resultado de qualquer diálogo entre empresa e consumidor.

Quando o relacionamento é construído por meio de confiabilidade, a conversa funciona sem problemas, é agradável e os resultados são muito melhores do que quando a comunicação é forçada. Nesse último caso, os atendentes conseguem “gelar” a pessoa com quem estão falando.

Deve ficar claro que relacionar-se com o cliente não tem a ver com fazer melhores amigos, mas criar um estado confortável em que todas as partes conversem livremente e confortavelmente.

Aqui estão 4 dicas para se aplicar a técnica de rapport no atendimento ao telefone. Boa leitura!

1. Utilizar a escuta reflexiva

Os atendentes, geralmente, são instruídos a empregar a escuta ativa. Dessa forma, eles basicamente precisam evitar distrações e se concentrar no usuário e na conversa.

Isso é importante, mas é possível dar um passo adiante e usar a escuta reflexiva. Aqui é onde se tenta entender os pontos do cliente e, em seguida, repetir de volta. Isso é feito para garantir que tudo tenha sido totalmente compreendido.

Ao fazê-lo, o colaborador estará demonstrando ao cliente que está mentalmente envolvido no processo, enquanto desenvolve técnicas para resolver os eventuais problemas.

2. Usar palavras que o usuário entenda

É importante utilizar termos que o cliente está acostumado e aplica no seu dia a dia, especialmente adjetivos. É preciso que as palavras tenham relevância para o conteúdo, já que uma opção alternativa pode não ter o mesmo significado para o consumidor.

Por exemplo, se o seu usuário disser que os resultados foram excelentes, a palavra “excelente” foi escolhida porque reflete o que ele sentiu. Para construir o relacionamento, é interessante utilizar linguagem parecida em qualquer momento relevante.

Então, é preciso dizer algo como: “eu concordo com o que senhor disse anteriormente, os resultados foram excelentes”. Se na resposta o atendente usar um adjetivo como “bom” ou “ok”, poderá confundir, inconscientemente, o cliente.

3. Demonstrar empatia

Mostrar-se empático significa compartilhar as emoções, pensamentos ou sentimentos de outra pessoa. Essa é uma ótima maneira de se construir um relacionamento.

A empatia pode ser mostrada usando frases como:

  • “eu entendo o que o senhor quer dizer.”
  • “isso, com certeza, é algo importante para o senhor.”
  • “eu entendo porque o senhor pensa dessa forma.”

Ao trabalhar assim, cria-se um senso de confiança e compreensão mútua, que são fatores cruciais no processo de conquista do cliente.

4. Ser amigável

É possível permanecer profissional e cortês e, ainda, ser amigável. Isso é facilmente alcançado utilizando uma boa inflexão e modulação na voz, mostrando interesse pela conversa do cliente. Você também pode compartilhar sorrisos em momentos de leveza, quando surgir a oportunidade durante a chamada.

Embora seja importante refletir o tom do cliente, é interessante passar otimismo e positivismo, pois isso pode ser essencial para fluência de uma conversa tranquila.

Essa estratégia de atendimento diminui a tensão e faz com que o cliente se sinta mais à vontade. Em um atendimento por telefone, esse cenário é essencial para que as metas planejadas sejam alcançadas.

Certifique-se de que a sua equipe esteja aplicando a técnica de rapport para desenvolver um bom relacionamento com seus clientes. Você pode ajudar a disseminar esse conhecimento compartilhando este artigo nas suas redes sociais.

PA digital multicanal
case de atendimento ao cliente
dicas para cobrança
autoatendimento
dimensionamento call center

Confira os artigos relacionados


Deixe seu comentário