Veja 4 dicas de como engajar a equipe e ter melhores resultados no setor de atendimento

Publicado em 23/jan/2019 por Christiane Braz Heigasi Scabbia - Sem Comentários

Engajar o time de atendimento e vendas é muito importante, pois os colaboradores que estão bem envolvidos nas estratégias de negócio se mantêm motivados e atendem melhor. Por consequência, a satisfação dos clientes aumenta e as vendas sobem. Entretanto, é fundamental que o gestor saiba como engajar a equipe.

Continue a leitura e saiba como envolver e motivar seus colaboradores melhorando os resultados de atendimento!

Como engajar a equipe?

1. Melhore a comunicação interna

Quando há desinformação, o colaborador tem dificuldade em prestar um bom atendimento, o que pode gerar  insatisfação nos clientes.

Outro ponto importante e necessário para o engajamento é ouvir quem faz parte da equipe. É preciso que os gestores se mostrem acessíveis ao seu time, aumentando a confiança em seus colaboradores e estabelecendo uma comunicação efetiva. É possível também receber feedbacks sobre pontos de melhoria no atendimento — afinal, quem melhor para conhecer seus procedimentos do que os atendentes?

Um funcionário com acesso às informações necessárias têm mais satisfação no trabalho e torna-se mais produtivo. Portanto, tome medidas para melhorar a comunicação interna, otimizando a troca de conhecimento entre os departamentos e disponibilizando meios para ouvir seus colaboradores.

2. Reconheça o bom desempenho

No dia a dia empresarial, é comum não percebermos alguns detalhes que são vitais, como o reconhecimento do bom desempenho da equipe. Pequenos gestos, como um “parabéns, time”, podem gerar impacto positivo nos resultados do atendimento. Isso é matemática simples: recompense o bom comportamento e ele se repetirá.

Entretanto, é preciso tomar algumas atitudes para obter o efeito desejado. São elas:

  • não precisa virar uma “máquina de elogios”, mas sim enfatizar aquelas atitudes e rendimentos mais cruciais para alcançar os objetivos da empresa;
  • não foque apenas no desempenho da equipe, mas também no individual. Dessa forma, você consegue identificar quais colaboradores impactam mais no resultado, positivo ou negativo. Além disso, valoriza as individualidades que contribuem para o sucesso do atendimento;
  • desenvolva recompensas significativas e adequadas para cada situação. Por exemplo, resultados positivos mensais devem ter uma gratificação maior do que aqueles que são medidos quinzenalmente;
  • elabore um plano de carreira, estimulando seus melhores colaboradores a desenvolverem-se e produzirem mais para alcançar objetivos mais ousados e substanciais;
  • gratificações em dinheiro, brindes e bônus em folga também são outras recompensas interessantes para engajar o time de atendimento. Identifique o que sua equipe considera mais significativo, para estabelecer a gratificação adequada .

3. Identifique pontos que desencorajam seus funcionários

Os pontos desencorajadores são aqueles que desarmonizam o ambiente de trabalho. Muitos podem ser os fatores, e o departamento de Recursos Humanos pode auxiliar os gestores nessas questões. A realização de pesquisas de clima, abertura de um canal anônimo para relatos e dinâmicas de integração de equipe são alguns exemplos de atitudes que melhoram o clima organizacional ideal.

Desenvolva, em conjunto com a sua equipe, estratégias que deem autonomia para a resolução de pequenos conflitos. Isso diminui a possibilidade de fofocas e mal-entendidos, além de estimular o diálogo e a boa convivência.

4. Invista no seu time

Não investir corretamente no seu time de atendimento é uma das razões que o desmotiva. É importantíssimo valorizar os pontos fortes e dar oportunidade para que os colaboradores se desenvolvam. A valorização já foi colocada em prática ao reconhecer o bom desempenho, entretanto, é preciso manter a produtividade, os bons resultados e a atualização das práticas adequadas de atendimento.

Alguns pontos que podem ser adotados nesse sentido:

  • realizar feedbacks individuais, ressaltando pontos positivos e indicando soluções para as falhas;
  • programar treinamentos pontuais para os erros mais comuns, além de desenvolver programas específicos para ingresso de novos colaboradores, assim como atualização da equipe existente;
  • disponibilizar uma Universidade Corporativa, oferecendo cursos técnicos e profissionalizantes nas áreas em que a empresa mais precisa. Assim, estimula-se a capacitação interna e, futuramente, o preenchimento de vagas essenciais para o crescimento do negócio.

Como vimos, o sucesso da empresa depende do gestor saber como engajar a equipe em seus objetivos e cultura, e do colaborador seguir adequadamente os processos e a cultura da organização . Para isso, é preciso aplicar algumas estratégias que motivam os colaboradores, tornando-os mais  felizes e produtivos.

Gostou deste post? Então, não deixe de conferir nossas dicas sobre como montar um time de alta performance!

PA digital multicanal
case de atendimento ao cliente
dicas para cobrança
autoatendimento
dimensionamento call center

Confira os artigos relacionados


Deixe seu comentário